21 DE NOVEMBRO DE 2019

Parque do Itacolomi é selecionado para programa de concessão administrativa


Ouro Preto
24 de maio de 2019
Foto de Evandro Rodney

O Parque Estadual do Itacolomi em Ouro Preto será uma das unidades de conservação do estado que passará pelo processo de concessão. O programa, referente a 2019 até 2022, foi lançado pelo governo de Minas no início de abril, e tem como objetivo promover, com parcerias com o setor privado, a gestão dos serviços oferecidos aos visitantes nos parques estaduais.

O Parque do Itacolomi está em oitavo lugar nas concessões do ranking de 20 unidades de conservação, que foram listadas de acordo com alguns critérios como plano de manejo, regularização fundiária, infraestrutura e atratividade de mercado. Maria Lúcia Cristo, gestora do Parque Itacolomi, esclareceu o assunto, que segundo ela chegou a ser mal interpretado por alguns, que confundiram a concessão com a privatização. “Os serviços oferecidos aos visitantes serão passados a uma empresa especializada no assunto. Isso vai permitir maior qualidade e especialização no atendimento. Enquanto a administração do Parque fica sob responsabilidade do governo, nós passamos por muitos entraves como a morosidade, pois não é finalidade do Instituto Federal de Florestas (IEF) cuidar do turismo de aventura”, explica Maria Lúcia. Ela ainda destaca que com a situação financeira atual do estado dificulta a manutenção de conservação do local para receber visitantes.

Segundo a gestora, será repassado para a iniciativa privada 5% de área do Parque que é referente ao uso público, a parte de acesso à visitação. “Eu participei de todo o estudo do processo de viabilidade econômica, e está tudo muito bem embasado. Além disso, com a concessão, o IEF terá melhores condições de continuar a cuidar dos outros 95% do Parque, pois a parte de uso público, que é a Fazenda do Manso e a recepção de visitação, demandam muito tempo e mão de obra. Com a concessão, todos saem ganhando”, enfatizou Maria Lúcia.

De acordo com o governo, Minas Gerais possui um dos maiores Sistemas Estaduais de Unidades de Conservação (SEUC) do país, composto por um total de 94 unidades de conservação, totalizando aproximadamente 3,5 milhões de hectares de áreas protegidas. Atualmente, a gestão é feita exclusivamente pelo poder público, bem como a destinação dos recursos para operação e manutenção dessas reservas ambientais.

Veja mais
















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS