24 DE AGOSTO DE 2019

Que vão baixar noutro centro!


O Berro do Bode Zé
31 de maio de 2019


Uma das definições apresentadas por dicionários para o vocábulo constrangimento é “algo desagradável que não se pode evitar; aborrecimento, descontentamento”. São situações vividas, ao longo da vida, umas evitáveis, outras não, nas quais a pessoa se sente pressionada, envergonhada e, mesmo, humilhada, sem como reagir, sem se sentir, psicologicamente, mal. Em círculos restritos, entre familiares, entre amigos, por exemplo, o mal é menor e, às vezes, contornável, sem tanto afetar o sentimento da pessoa atingida. Mas quando se dá em público, entre desconhecidos, a pessoa pode ser levada a fazer o que não quer, em razão de sentir humilhada, se atender sua vontade interior. É o cenário, que se desenvolve nos coletivos interdistritais, quando neles embarcam agentes arrecadadores de recursos, para entidades ditas assistenciais privadas dedicadas à recuperação de dependentes químicos e alcoólicos. Para não se dizer que esmolam, pedem ajuda financeira em troca de uma esferográfica, prospecto sobre a entidade ou outra bugiganga qualquer. Sem se anunciar, antecipadamente, para fugiu ao risco de os usuários tomarem outro veículo, iniciam sua lengalenga com apelos religiosos, tão logo se inicia a viagem. Dos passageiros, uns devolvem os objetos sugeridos, mas outros se sentem compelidos a dar o dinheiro, sabe-se lá com que sacrifício, já que são pessoas simples e também de poucos recursos. Os arrecadadores costumam aparecer nos primeiros dias de cada mês, ocasião em que aposentados e pensionistas correm aos bancos para receber a mísera aposentadoria ou pensão do INSS. Dá quem quer e quem pode, é opção de cada um, mas a cantilena dos agentes é quase uma chantagem psicológica ou ameaça subliminar, contra a qual nem todos sabem se opor. Quem escolhe não dar tem o patrimônio preservado, mas, ao contrário, tem o amor próprio arranhado com aquele aborrecimento, quiçá também julgado como pão-duro por não querer ajudar. Já passa da hora de alguém, com autoridade para tal, por fim a essa situação de constrangimento coletivo, dentro de coletivos, sem querer fazer trocadilho.

Veja mais


O Berro do Bode Zé
23 de ago de 2019
Vergonha à entrada de Ouro Preto...

O Berro do Bode Zé
16 de ago de 2019
Convite explícito aos “lalaus”...















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS