17 DE AGOSTO DE 2019

Candidatos à eleição suplementar participam de debate em Itabirito


Itabirito
02 de agosto de 2019
Crédito: Michelle Borges

Por Michelle Borges

Luiz Niquini não pôde participar por ter sofrido um acidente de carro. Ele passa bem

Os candidatos a prefeito na eleição suplementar de Itabirito, Arnaldo dos Santos (MDB) e Orlando Caldeira (PSDC) participaram de um debate na Câmara da cidade promovido pela Rádio Estrada Real FM na noite da quarta-feira (31). O candidato Luiz Niquini (Cidadania) justificou a ausência em virtude de um acidente automobilístico ocorrido na parte da manhã. Ele e sua candidata a vice, Dra. Marina, que também estava no carro, passam bem.

No debate os candidatos puderam fazer perguntas entre si, responderam perguntas de ouvintes da rádio e também da organização do evento em diversas áreas como saúde, educação, transporte, segurança, meio ambiente, lazer, turismo, obras, administração e corrupção.

Ao final, cada candidato fez suas considerações finais. Orlando Caldeira destacou a importância do debate para reforçar os objetivos de cada candidato e o seu desejo de ter um governo participativo. “O debate foi muito democrático onde cada um pode expor seu plano de governo, a sua aspiração e a sua estrutura política. Cada um apresentou a sua melhor forma. Isso é bom para Itabirito, que só tem a ganhar e assim nós vamos crescendo politicamente. Nós queremos que a população governe junto com a gente, vamos ser prefeitos juntos. Assim nós podemos construir uma Itabirito muito melhor”, reforçou Caldeira.

Já o candidato Arnaldo dos Santos, que é o prefeito interino, assegurou seu compromisso com a cidade. “Eu tentei o tempo todo colocar verdade, eu não tenho promessa, eu tenho compromisso. Mostrei que tenho atitude e preparo nesse tempo que estou à frente da prefeitura. Quero mostrar que são projetos totalmente diferentes e a população está bem para escolher. Nós estamos voltados para exercer parcerias e a democracia hoje está em festa. Quem cresce com o confronto de ideias é quem está indeciso”, pontuou.

A eleição suplementar em Itabirito ocorre em razão da chapa eleita em 2016, composta por Alex Salvador como prefeito, e Wolney Oliveira como vice, ter sido cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por abuso de poder econômico e captação ilícita de recursos financeiros durante a campanha. Após ter a data alterada por três vezes pelo TRE, a eleição será neste domingo (4).

Veja mais

















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS