02 DE JULHO DE 2020

14ª Semana de Desenvolvimento e 1ª Feira Rural: Itabirito, mais uma vez, é destaque no cenário dos bons negócios


Itabirito
06 de setembro de 2018


Os empresários de Itabirito viveram um momento especial entre os dias 28 e 31 de agosto. A 14ª edição da Semana de Desenvolvimento Econômico, que, neste ano, aconteceu em conjunto com a 1ª Feira da Produção Rural de Itabirito, terminou com sabor de quero mais. Além da tradicional feira, a programação incluiu consultorias, minicursos, palestras e oficinas.

"Ficou maravilhosa a Feira do Desenvolvimento Econômico e, agora, da Produção Rural, que foi uma inovação deste ano", comemorou o Prefeito Alex Salvador, destacando a importância e o potencial econômico dos eventos.

Presidente do Sistema Fecomércio/MG, Sesc e Senac, Lúcio Faria também fez questão de exaltar a iniciativa. "Isso é bom para a cidade, para a região. É bom para todos. Participei das primeiras edições, e a gente vê o crescimento ano a ano. Então, temos que apoiar. Quem ganha com isso é o comércio", pontuou.

Visibilidade para empresários itabiritenses

Para os expositores, a feira representou o momento de dar visibilidade do trabalho. "Resolvemos participar porque é uma maneira de divulgar o nome da empresa. Está sendo muito bom o retorno. A feira está apresentando a produção do município e nos permitindo ter um maior contato com o público. Isso é muito importante", avaliou Joaquim Diniz, dos Laticínios Novato, que participou pela primeira vez.

Caso semelhante ao de Alice Braga Santana e Luísa Lopes Ferreira Lemos, ambas de 11 anos, da Fest Slime. "A gente via vídeos na internet sobre slime (massinha). Era muito divertido. A gente fez várias receitas até dar certo. A partir daí, fizemos vários, testamos e criamos a Fest Slime. Criamos uma conta no Instagram, começamos a postar vídeos", revelaram as pequenas, que contam com o apoio das mães no projeto. 

Consultorias, oficinas e cozinha gourmet

Ao longo da programação, o público teve a oportunidade de participar de palestras sobre temas como agronegócio e vendas de alto valor agregado, além de aprender a preparar sanduíches especiais, quitandas sem lactose e sem glúten, pães, roscas e brigadeiro gourmet, na Unidade Móvel de Turismo e Hotelaria do Senac.

"Já tem cinco anos que eu faço as oficinas do Senac. São maravilhosas. Vim na terça-feira, na quarta e na sexta. A cidade toda vem para cá. Acho um evento muito bacana", afirmou Tatiane Carmem de Matos Santos.

Já Vicente Vilela fez questão de exaltar a 1ª Feira da Produção Rural. "Parabenizo a equipe que trouxe esse evento, que há muito tempo era cobrado pela área rural", completou.

Para impulsionar a comercialização das iguarias cultivadas na própria cidade, um dos segredos foi a cozinha gourmet. "Fizemos os pratos para promover os ingredientes e produtos da agricultura familiar. A repercussão foi surpreendente. Deu um público bacana e o melhor é que as pessoas saíram de lá e compraram os produtos para fazer as receitas em casa", comentou o chef de cozinha Mateus Batista.

Sucesso da feira é bom exemplo na região

Em alta, o evento também contou com a participação do município de Ouro Branco nesta edição. "A feira em Itabirito dá exemplo no momento em que o país chora por recursos. É uma oportunidade de crescimento não só de receitas, mas também do empreendedorismo. Ouro Branco agradece a oportunidade que nos foi concedida de expor os produtos", garantiu o vice-prefeito Celso Roberto Vaz.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Antônio Avelar, fez um balanço positivo da 14ª Semana. "Agradeço aos vários parceiros da Prefeitura e às empresas privadas que, ao longo desses 14 anos, nos apoiaram nesse esforço para demonstrar o que Itabirito vem produzindo. A feira cresceu muito e, neste ano, tivemos a felicidade de agregar a Feira da Produção Rural", analisou.

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS