16 DE SETEMBRO DE 2019

Casos suspeitos de sarampo continuam sob investigação em Ouro Preto


Ouro Preto
13 de setembro de 2019
Crédito Ane Souz

Por Michelle Borges

Laudo para confirmação dos casos só deve ser liberado no prazo de cinco a 15 dias, devido a grande demanda com surto da doença no país

O surto de sarampo no Brasil tem causado preocupação à população. A doença, que já era considerada erradicada no país, voltou a ser manchete. Em Ouro Preto, o assunto tomou conta das redes sociais depois que dois casos suspeitos apareceram na cidade. Um na Santa Casa de Misericórdia, no sábado (7), e outro na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na terça-feira (10). O Laudo para confirmação dos casos só deve ser liberado no prazo de cinco a 15 dias, devido à grande demanda com surto da doença no país. A coordenação do hospital e da secretária de saúde da cidade alerta para que a população tome cuidado com informações falsas.

De acordo com dados da Vigilância em Saúde da Prefeitura, no sábado, o paciente, uma criança, moradora da cidade de Poços de Caldas, deu entrada no hospital com febre e poucas manchas pelo corpo. A equipe da instituição efetuou o bloqueio vacinal, com a aplicação de vacina tríplice viral (caxumba, sarampo e rubéola) em todas as pessoas que tiveram contato com o paciente, tanto no ambiente familiar, quanto no próprio hospital, além de fazer a assepsia dos locais no ambiente hospitalar onde a criança esteve. No segundo caso, da terça-feira, é uma criança de um distrito de Ouro Preto, que foi imunizada recentemente e apresentou sintomas da doença. O mesmo protocolo foi aplicado nesse segundo caso.

As amostras foram enviadas para a Fundação Ezequiel Dias (FUNED) que é referência para realizar a análise em todo o estado de Minas Gerais e o laudo para confirmação será liberado em até 15 dias.

O que é a doença

De acordo com informações do Ministério da Saúde, o Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. A transmissão ocorre através de secreções na fala, tosse, espirro e respiração.

Sintomas

Os principais sintomas da doença são: febre acompanhada de tosse; irritação nos olhos; nariz escorrendo ou entupido e mal-estar intenso.

Tratamento

As pessoas com suspeita ou confirmação da doença devem ser isoladas para diminuir o risco de transmissão. O tratamento indicado é o repouso, alimentação saudável, hidratação e algumas medicações para atenuar os sintomas, o que na maioria dos casos é suficiente para recuperação. A melhor ação contra a doença é a prevenção através da vacinação.

Prevenção em Ouro Preto

Devido ao surto, o Ministério da Saúde reforçou a dose no país, que não via nenhum caso da doença desde 1989. Em Ouro Preto está disponível a dose da vacina tríplice viral em todos os Postos de Saúde. Por isso atenção à dosagem e faixa etária.

  • Bebês de 06 a 11 meses devem tomar a dose extra;
  • Bebês de um ano devem tomar a primeira dose e a segunda aos 15 meses;
  • De um a 29 anos é preciso ter tomado duas doses;
  • De 30 a 49 anos é preciso apenas ter tomado uma dose, mesmo que tenha contato com casos suspeitos;
  • Para pessoas com mais de 50 anos, que tiveram contato com casos suspeitos e não tem comprovação de nenhuma dose da vacina, é preciso se vacinar;

Carine Carneiro Bussular, diretora da Atenção Primeira no município, reforça que não é necessário que a população entre em desespero. “Todos os postos de saúde da cidade estão disponibilizando a vacina tríplice e viral e basta procurar o mais próximo da sua residência para se prevenir”, reafirma.

Álbum de Fotos


Veja mais

















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS