02 DE JULHO DE 2020

Inversão de valores


O Berro do Bode Zé
20 de setembro de 2019


Quanto mais reza há mais o diabo aparece! É o que diz a sabedoria popular em relação a problemas, que se querem solucionados, não o são e ainda ganham força, por meio de intervenções descabidas no mesmo sentido. A violência, ao lado ou de braço dado com a corrupção, está entre os mais graves riscos na vida do cidadão e da sociedade como um todo. Ela chegou ao ponto em que se dispensa motivo para matar, podendo o homicídio ocorrer por qualquer motivo ou sem nenhum, bastando a vítima estar ao alcance do matador. Fácil assim para se terminar uma vida de um indivíduo pelas mãos de outro. Fácil também para o criminoso fugir, escapar da polícia e, mais tarde, escapar da punição mediante leveza da pena ou de brechas que a lei tem em favor do réu. Morre-se, bestamente, quando terceiros o querem morto! E tudo pode acontecer para que o culpado não pague pelo crime! Contudo, fora do contexto da lei, ninguém tem autoridade para determinar a sorte do criminoso, ainda que seja o mais perverso e seu crime tenha sido o mais hediondo. Extrapolou suas funções, colocou-se acima da lei e agrediu um dos princípios de humanidade, o deputado que, da tribuna da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, instigou a violência e o crime ao oferecer pagamento, em dinheiro, a quem matar determinado criminoso de morte. É a inversão de valores, no topo da sociedade, nos escalões do governo, de onde devem emanar os sagrados princípios do direito em favor da ordem e da justiça, sem os quais não se mantém o equilíbrio da sociedade. Não se combate violência com mais violência!

Veja mais


O Berro do Bode Zé
01 de jul de 2020
Falta autoridade...

O Berro do Bode Zé
22 de jun de 2020
Fugir da quarentena pode ser crime...












ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS