12 DE AGOSTO DE 2020

Ingratidão


Amenidades
27 de setembro de 2019


O ser humano é feito de virtudes e defeitos. Ninguém é totalmente bom ou totalmente mau. Salvo exceções raras, onde o bem ou o mal se sobressaem de forma incomum, somos, no geral, uma mistura dos dois. Cabe a cada um cultivar o que melhor lhe aprouver, e viver com as conseqüências de suas escolhas.

Dentre os defeitos humanos, um dos mais graves, a meu ver, é a ingratidão. Pessoas que usam outras enquanto lhes convém e depois as descartam, como um móvel usado. Infelizmente vemos muito isto. É muito triste.

Com tempo, Fé e maturidade, aprendemos a conviver com isto e não nos deixamos mais envolver nesta teia. Passamos a entender os primeiros sinais e, antes que a ingratidão se instale, chega a hora do adeus. Dói, dói muito nos primeiros dias, nas primeiras semanas, às vezes até nos primeiros meses. Mas uma hora passa, e aí entendemos que tudo foi para melhor, até a dor.

Ninguém tem o direito de usar o outro, seja pelo motivo que for. “Subir na vida”, “fazer o nome”, seja em termos pessoais, profissionais ou sociais, depende de trabalho, esforço, luta. E mesmo assim, este conceito de “fazer nome” é tão subjetivo... tem gente que “faz nome” matando, assaltando, roubando... os noticiários estão cheios de nomes “conhecidos” de marginais.

Quer ser famoso, conhecido, quer aparecer a qualquer custo? Existem trocentas maneiras para isto. Depende do preço que a pessoa estiver disposta a pagar. Mas faça-o por você mesmo, seja transando com o dono da empresa, seja entrando armado em um local público metralhando todo mundo, se a intenção são os quinze minutos de fama, opções não faltam. Repito, desde que se aceite pagar o preço.

Mas não use o outro e depois descarte. Não suba pisando na cabeça de ninguém, porque “subir” assim tem por conseqüência o tombo, infalivelmente. E nunca seja ingrato com quem lhe ajudou. Ingratidão é falta de caráter. Nem busque a fama a qualquer preço. Não é preciso ser famoso para se ter sucesso. Ficar na sombra esperando o outro fazer para ir atrás, como os papagaios de pirata nas fotos, não acrescenta nada.

Lute pelo que você quer. Peça ajuda, se precisar. Corra atrás do seu sonho. Mas faço-o pelo seu próprio valor. Não viva à sombra do outro. E, principalmente, quando você subir um degrauzinho, jamais seja ingrato com aquele que lhe estendeu a mão quando precisou. É de degrau em degrau que se chega ao topo. Mas também pode ser do último degrau a queda.

O mundo é tão grande! Há espaço para todos. E aquele que encontra o seu espaço sem usar e sem se aproveitar de ninguém, este dificilmente cairá.

Veja mais


Amenidades
07 de ago de 2020
Leveza...












ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS