21 DE NOVEMBRO DE 2019

Estudantes do IFMG Itabirito ganham medalhas em competição nacional


Itabirito
05 de novembro de 2019


Alunos do Instituto Federal de Minas Gerais conquistam medalhas de bronze e de prata

Três estudantes do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) campus Itabirito conquistaram medalhas de bronze e de prata na 22ª Olimpíada de Astronomia e Astronáutica (OBA). O evento aconteceu em maio de 2019 e quase 1 milhão de alunos das escolas públicas e privadas, do Ensino Fundamental e Médio de todo país, participaram da competição. “A oportunidade e o reconhecimento são pontos muito importantes sobre a participação dos estudantes na competição. As olimpíadas estimulam o desejo pelo aprendizado das ciências; e ter estudantes medalhistas no campus incentiva ainda mais a participação dos demais”, destaca Daniel Fonseca, diretor do IFMG Campus Itabirito.

Para o diretor, a parceria da Prefeitura com o IFMG é de suma importância para que os alunos e professores sejam cada dia mais valorizados. “Temos um grande convênio com setor de Educação da Prefeitura, que nos dá muito apoio em tudo, uma das parcerias que nos disponibilizam sempre é meios de transporte para levar nossos professores e alunos para as premiações de olimpíadas, isso contribui bastante para fomentar a vontade de adquirir conhecimentos”, enfatiza.

A secretária de Educação de Itabirito, Iracema Mapa, destaca que é muito importante a parceria da Prefeitura para fomentar a educação de Itabirito. “A colaboração em ações que permitem aos jovens de nosso município construir conhecimentos é extremamente necessária para se desenvolver integralmente o conhecimento, assim estamos colaborando para prepará-los para o mercado de trabalho”, enfatiza.

A competição foi realizada na própria instituição, em uma única fase, com 22 alunos do IFMG.  João Henrique Costa Pedrosa Vimieiro Marques ganhou medalha de prata. Giovana Alcântara Marçal Lourenço e Pedro Henrique de Almeida Silva conquistaram a medalha de bronze; todos estudam no Ensino Médio da instituição. Durante o processo preparatório para a olimpíada, os próprios alunos montaram um grupo de estudos para reforçar os conhecimentos, além disso, contaram com a colaboração do professor de Física, Bruno Gonçalves. “Eu estava à disposição deles para esclarecer as dúvidas e responder todos os questionamentos, esse apoio é essencial para que o aluno adquira mais confiança”, enfatiza o professor.

Ainda segundo o professor, a instituição sempre incentiva a participação dos alunos em competições. “No início do ano letivo, nós fazemos o convite, instruímos em relação aos materiais de estudos, apontamos as possibilidades que a competição apresenta, tudo isso para mostrar que estudar sempre vale a pena”, afirma.

Segundo o diretor Daniel Fonseca, participar desses eventos abre diversas portas para a educação de qualidade. “Outro ponto importante são as oportunidades que se abrem. Algumas instituições, como a Universidade de São Paulo, uma das instituições de ensino superiores mais importantes do Brasil, já começaram a permitir a entrada em seus cursos através das medalhas em olimpíadas de conhecimento”, destaca.

Veja mais
















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS