12 DE DEZEMBRO DE 2019

Feira Cultural e Literária de Itabirito une comunidade escolar


Itabirito
12 de novembro de 2019


Com bastante criatividade e programação diversificada, evento atraiu um grande público para as escolas.

O sábado (09) foi cheio de cultura e informação nas escolas municipais de Itabirito, com realização da Feira Cultural e Literária. “Foi um sucesso, nossos alunos mostraram seus trabalhos, pais puderam ver de perto o que as escolas estão passando para seus filhos e, além de educação, também tivemos momentos de lazer e entretenimento com apresentações que encantaram a todos”, enfatiza Iracema Mapa, secretária de Educação de Itabirito.

Participaram da Feira as escolas municipais Manoel Salvador de Oliveira, Natália Donada Melillo, José Ferreira Bastos e o Centro Educacional Municipal de Itabirito (Cemi). “Nosso objetivo é engrandecer e valorizar o trabalho dos alunos. A ideia é que também os pais possam participar desse momento com seus filhos, conhecendo o que eles produzem na escola”, enfatiza Rosana Aparecida dos Santos, diretora da Escola Municipal Manoel Salvador de Oliveira.

Durante a programação aconteceram apresentações de teatro, dança, circuitos de atividades físicas, oficinas de leitura e desenho, exposições de trabalhos confeccionados pelos alunos e recital de poesias. Também, algumas instituições desenvolveram atividades com temas educativos, como a Cultura Afro, Amazônia, Solidariedade, Dicas para a Prevenção do Câncer de Mama, Horta Hidropônica (com reaproveitamento da água das chuvas), Reciclagem e Desperdício de Alimentos.

Na Escola Municipal José Ferreira Bastos, temas tecnológicos também fizeram parte da Feira, como o uso de pele de peixes para tratamento de queimados, desodorante feito com manteiga e aparelhos com funcionamento de módulo solar. Com o nome Feira Cultural Décadas de Talentos, o evento envolveu política, saúde, educação, artes etc. “A Feira é uma oportunidade de unir a comunidade escolar, ao valorizar o trabalho dos alunos e dar a oportunidade de mostrar ao público parte do que está sendo desenvolvido na escola. Aproveito para agradecer o empenho e a participação de todos os professores, pais e alunos, que são os responsáveis pelo sucesso de mais essa Feira”, destaca Maria José Mônica Santos Braga, diretora da escola.

Para Benedito Avelino do Sacramento, administrador de empresas e pai das alunas Ana Luísa e Ana Júlia, da Escola Municipal José Ferreira Bastos, a Feira proporciona a oportunidade de ter um dia diferente de aprendizado e diversão. “Durante todo o ano, ajudamos nossos filhos em trabalhos escolares, e a Feira é a forma que temos de ver o conteúdo que foi desenvolvido com eles. É muito importante ver que eles aprendem questões de conscientização. A escola é uma integração da educação que nós, pais, damos aos nossos filhos”.

“A mostra cultural é a culminância dos trabalhos realizados em sala de aula durante todo primeiro semestre letivo e parte do segundo. Ela desenvolve nos alunos a leitura por prazer, a produção escrita e artesanal. É uma forma lúdica de aprender”, ressalta Sonia Assis de Carvalho, diretora da Escola Municipal Natália Donada Melillo.

A Feira Cultural e Literária também ganhou cunho social, pois o Cemi realizou uma arrecadação de utensílios de higiene pessoal, que serão doados para duas instituições de Itabirito: a Casa de Repouso Santa Luíza de Marilac e a Casa Nossa Senhora do Silêncio.

Álbum de Fotos

Veja mais

















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS