20 DE JANEIRO DE 2020

Renê Butekus toma posse como presidente da Câmara de Itabirito


Itabirito
06 de janeiro de 2020
Crédito: Romeu Arcanjo

“Estou pronto para encarar o desafio”, disse Renê Américo da Silva (o Renê Butekus - PSDB) ao assumir a presidência da Câmara Municipal de Itabirito nesta quinta-feira (2 de janeiro) durante solenidade no Plenário José Bastos Bittencourt, que reuniu todos os 13 vereadores e parte da cúpula da Prefeitura itabiritense, incluindo o prefeito Orlando Caldeira, vice Dr. Elio da Mata (ambos do Cidadania) e vários secretários.

Durante o discurso, Renê citou sua trajetória de vida. “Comecei a trabalhar com 13 anos como engraxate, aos 16 tive a minha carteira assinada, aos 18 fui dono de boteco, aos 19 fui candidato pela primeira vez, aos 20 trabalhei como auxiliar administrativo da Secretária de Comunicação da Prefeitura de Itabirito (...). Entrei para a faculdade de Direito, banquei meu curso vendendo bombons por quatro períodos na porta da faculdade. Aos 30, eu me formei, quando voltei a trabalhar na Prefeitura”, disse Renê, que está em seu primeiro mandato, e foi eleito vereador aos 31 anos.

Renê garantiu que vai trabalhar em benefício da população de Itabirito e afirmou que de sua parte será praticada a democracia. Segundo ele, um dos pilares de seu mandato é a responsabilidade com a coisa pública. Renê ainda afirmou: “qualquer atitude eu que tomar como presidente, terei de responder”.

Relação com o Executivo

O chefe do Executivo fez elogios ao ex-presidente Arnaldo Pereira dos Santos (MDB) afirmando que à frente da Câmara, ele teve “uma conduta ilibada”.

Para o prefeito, Arnaldo foi um democrata. O chefe do Executivo também citou o valor de 1 milhão e 200 mil reais que foram devolvidos, pela Câmara, aos cofres da Prefeitura durante a gestão Arnaldo como presidente da Casa Legislativa.

Sobre Renê, Orlando o parabenizou e afirmou: “sabemos que existem diferenças, mas diante dessas diferenças que possa haver diálogo”.

Como determina o protocolo, o decano (o mais velho entre os vereadores) Nilson Tem Tudo, também discursou: “fui o voto decisivo. Votei consciente. Recebi ameaça, assédio e crítica, mas de acordo com a Lei Orgânica do Município, em seu artigo 22, o vereador é inviolável em suas ações (parlamentares), e em seu voto”. O vice-prefeito Elio da Mata afirmou, em discurso, que “a renovação é importante para a democracia”. O vigário Harley Lima, representando a Paróquia de São Sebastião, abençoou a cerimônia lembrando uma fala do Papa Francisco: “não se esqueçam dos pobres”. Por sua vez, o coordenador político do deputado estadual João Vitor Xavier (Cidadania) Paulo Nunes, em entrevista à assessoria de comunicação da Câmara, desejou sucesso a Renê. “Que ele consiga desenvolver boas ações”, disse. 

Veja mais









QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS