18 DE MARÇO DE 2019

Whatsapp não é meio de se firmarem compromissos sérios


O Berro do Bode Zé
05 de outubro de 2018


Não resta dúvida de que estamos na era da rapidez, da informação instantânea, da comunicação interpessoal ilimitada, desde que a internet chegou e, a partir de reduzido número de conectados, ampliou-se para alcançar cada vez mais pessoas, em todo o mundo. De qualquer lugar e a qualquer momento, entra-se em contato com quem queira, desde que a pessoa contatada esteja disponível. Mas há que se observar certos critérios, porque nem sempre o imediatismo é o melhor caminho, nem sempre a facilidade conduz ao objetivo esperado ou desejável. Não só o logro, a fofoca, a má intenção, o crime, estão presentes na internet e nas redes sociais o que leva à tomada de cuidados especiais para não cair em armadilhas. Também da comodidade, vinculada à falta de bom senso de uma pessoa, nascem mal entendidos, desconforto e prejuízos, que um grupo ou coletividade absorve desnecessariamente. Como meio de comunicação pessoa a pessoa, consolidou-se o WhatsApp. A facilidade de tê-lo é uma graça e usá-lo de graça, é mais uma graça, como convém ao brasileiro que, de graça, toma até injeção na testa. O problema está em que, de graça em graça pode-se chegar a “dez graças”; e aí o bicho pega! Pois bem, já há quem utilize o WhatsApp para fechar compromissos e acordos, que se fechavam por simples troca de palavras entre cavalheiros, quando estes então existiam. No mundo atual, povoado de tretas e mutretas depois de enviada a lealdade ao espaço, qual a garantia de estar a tratar certo com pessoa certa, por meio do WhatsApp? Decisão a envolver interesses puramente pessoais, sim, pois aí cada um sabe de si, mas ao envolver grupos de pessoas, quem assim procede está a caçar sarna pra se coçar. Na área da comunicação tudo se transformou e continua em transformação, mas os direitos do indivíduo também ganharam mais força. Roubar seu tempo, irresponsavelmente, na era do “time is money” (tempo é dinheiro) pode causa uma baita dor-de-cabeça a quem o faz! Para os não adaptados à era digital, o melhor meio de firmar compromissos e acordos sérios continua a ser o papel, o preto no branco, devidamente assinado pelas partes.


Veja mais


O Berro do Bode Zé
15 de mar de 2019
Quem não tem bunda não se senta!...

O Berro do Bode Zé
01 de mar de 2019
Me dá um dinheiro aí!...














QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS