30 DE MAIO DE 2020

Mariana segue investigando duas mortes suspeitas por Coronavírus


Mariana
06 de abril de 2020


A Prefeitura Municipal criou ainda o Disk Aglomeração, canal de denúncias para controlar aglomeração de pessoas

Por Glauciene Oliveira

No último sábado (06) a Prefeitura de Mariana anunciou, durante uma coletiva de imprensa, a investigação de mais uma morte suspeita por Coronavírus (COVID-19).

A vítima é um homem de 41 anos, que morava na Rua Direita, no centro da cidade. De acordo com informações da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) o homem era aluno de pós-doutorado no Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS).

A vítima não possuía família no estado e havia relatado por telefone que estava se sentindo mal, com febre, falta de ar e dor no peito. Após 24 horas incomunicável, familiares solicitaram que fosse feito o arrombamento do quarto para verificar a situação do rapaz, neste momento os responsáveis o encontraram caído no chão já sem vida.

O Secretário de Saúde de Mariana, Danilo Brito, explicou que foram tomados diversos procedimentos no local antes do corpo ser retirado, entre as ações foi feito um teste rápido que deu positivo para dengue e negativo para o COVID-19. “Mas o resultado oficial é o que mandamos para a FUNED, o qual nós estamos aguardando o resultado”, informou.

A Dr. Danuta Niquini, responsável técnica pelo acompanhamento dos casos de COVID-19 em Mariana, salientou que a sensibilidade do teste rápido pode chegar em apenas 25% em alguns casos, o que é baixo.

A Ufop divulgou uma nota de pesar pela morte do aluno. "A direção da Ufop se solidariza com familiares e colegas, lamenta o ocorrido, e informa que o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus da universidade está acompanhando o caso", diz.

Números

Além deste óbito notificado no sábado (06) outra morte, de uma mulher de 34 anos, vem sendo investigada desde a última quinta-feira (02). Também foi feito um teste rápido, que deu positivo para dengue e negativo para o COVID-19, porém os resultados oficiais serão emitidos pela FUNED (Fundação Ezequiel Dias).

Até o fim da tarde deste domingo (05) Mariana possui 3 casos confirmados, sendo dois curados e um óbito. Outros 15 casos seguem sob suspeita de COVID-19 e 17 casos já foram descartados. Além disso, 115 pessoas estão sendo monitoradas pela equipe da Secretaria de Saúde, os monitorados são pacientes que tiveram algum tipo de contato com pessoas contaminadas. 

Disk Aglomeração

Apesar da primeira morte por Coronavírus já ter sido confirmada na cidade há mais de uma semana ainda é possível observar uma alta movimentação de pessoas nas áreas centrais de Mariana.

Neste sentido, a Prefeitura criou o Disk Aglomeração, um canal de denúncias sobre estabelecimentos que insistem em permanecer abertos sem os devidos cuidados ou aglomerações de pessoas. O número para contato é o (31) 9 9707-4122.

“Serão denúncias de uma forma geral, como filas de banco, comércios, pessoas em praças, bares, festas ou cultos. Ou seja, onde estiver acontecendo aglomeração a Vigilância Epidemiológica irá até o local, juntamente com a Guarda Municipal. No momento aplicaremos orientações para fazer o decreto acontecer”, reforçou Danilo Brito, Secretário de Saúde, juntamente ao prefeito, Duarte Júnior.

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS