02 DE JULHO DE 2020

Comércio de Itabirito segue fechado por mais 15 dias


Itabirito
08 de abril de 2020


Na tentativa de minimizar os impactos da crise do COVID-19 foi criado o Centro de Apoio aos Empresários e Autônomos de Itabirito

Por Glauciene Oliveira

O Prefeito de Itabirito, Orlando Caldeira, anunciou, durante coletiva de imprensa realizada na última sexta (03) que o comércio da cidade segue fechado por mais 15 dias, como medida preventiva e de contenção do Coronavírus (COVID-19).

Segundo Orlando, a parte essencial que já estava funcionando irá permanecer. Ele destacou ainda que a cidade não tem nenhum caso confirmado da doença e o maior desafio agora é manter este cenário. “Nós não temos intenção, neste momento, que é uma parte crítica desse vírus, de fazer a reabertura do nosso comércio. A parte do comércio que já estava aberta continua, para que assim possamos ter condições de adquirir o nosso alimento e produtos essenciais. Eu peço a todos que fiquem em casa para que possamos nos resguardar e superar isso rápido”, ressaltou.

Os representantes das instituições comerciais também compareceram à reunião. Na ocasião, foi discutida a criação do Centro de Apoio aos Empresários e Autônomos de Itabirito, que terá como objetivo assessorar o empresário e prestar atendimentos necessários em relação às legislações trabalhistas e benefícios oferecidos pelos governos federal, estadual e municipal. Foram discutidas também outras ações para garantir a manutenção dos empregos.

De acordo com a Gerente Executiva da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Itabirito, Edna Rocha, os comerciantes estão unidos com os órgãos públicos na busca de ações que minimizem os impactos da crise provocada pela pandemia do COVID-19. “Nesse momento de pandemia mundial que estamos vivendo, precisamos nos preocupar primeiro pela preservação das vidas e manutenção dos empregos. Para que aconteça a reabertura do comércio é preciso seguir todas as recomendações da OMS e as regras de saúde e sanitárias já definidas nas normas municipais, estaduais e federais”, ressaltou.

Segundo Edna, no âmbito municipal já está em vigor a prorrogação das cobranças de IPTU, ISS e Alvarás para os próximos 100 dias, além disso os pagamentos das prestações do FUNDI para contratos vigentes também foram adiados.

Ainda de acordo com a gerente da CDL, foi enviado para a Câmara Municipal um projeto de lei, que tem como objetivo disponibilizar a linha de crédito do FUNDI como capital de giro para os empresários e subsídio de parte do valor do aluguel dos pontos comerciais.

Álbum de Fotos

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS