04 DE JUNHO DE 2020

Alunos da rede Municipal de ensino de Mariana recebem kits de alimentos produzidos pela agricultura familiar


Mariana
11 de maio de 2020


Nesta semana, a Prefeitura de Mariana, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural e a Secretaria de Educação, começaram a distribuir kits de alimentos provindos da agricultura familiar para alunos matriculados na Rede Municipal de ensino. 

A medida segue as orientações do Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE, que prevê, em caráter excepcional, a distribuição de gêneros alimentícios aos pais ou responsáveis dos alunos durante a pandemia do novo coronavírus. 

Segundo o secretário de Desenvolvimento Rural, Wander Moreira, incentivar e apoiar a agricultura familiar simboliza valorizar cada homem do campo, que tem como principal fonte de subsistência os produtos colhidos da terra. Ele explicou que o município colabora de várias formas com esse sistema. Uma delas é que antes da suspensão das aulas, a agricultura familiar de Mariana já era responsável por fornecer alimentos para mais de 7 mil alunos da Rede Municipal.  E do mesmo modo, alguns dos mantimentos que vão compor os kits são produzidos exclusivamente pelos agricultores familiares da região, vale lembrar que eles são livres de agrotóxicos.

A secretária de Educação, Aline de Oliveira, explicou que a oferta regular de uma alimentação adequada e saudável, elaborada de acordo com as necessidades de cada faixa etária, permite aos alunos melhor rendimento escolar e auxilia na formação de seus hábitos.

Dessa forma, os kits surgiram como uma maneira de assegurar a qualidade nutricional da alimentação dos alunos durante a pandemia. “Utilizando os alimentos dos estoques das escolas, preparamos kits para todas as crianças matriculadas nas CMEIS de Mariana. Para melhorar o valor nutricional foram incluídos produtos da agricultura familiar, como legumes, verduras e frutas entregues fresquinhos e com ótima qualidade por agricultores de Mariana”, afirmou Aline. 

A agricultura familiar se caracteriza por gerar empregos, respeitar os trabalhadores do campo e seguir práticas que preservam o meio ambiente e a biodiversidade. Além disso, ela produz alimentos saudáveis e nutritivos, livres de agrotóxicos. Por isso, Wander ressalta que valorizar esse sistema de produção significa pensar no desenvolvimento econômico da cidade e do homem do campo, além de proteger e cuidar da saúde dos marianenses. 

Para fazer parte da rede de agricultores familiares que fornece alimentos para as escolas municipais, o produtor deve entrar em contato com a Secretária de Desenvolvimento Rural, localizada no Centro de Convenções - Praça JK, sem n°, ou ligar no telefone (31) 3558-4173.

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS