04 DE JUNHO DE 2020

Polícia Civil prende casal em Mariana suspeito de adulterar anabolizantes


Mariana
12 de maio de 2020


O produto, que é extremamente nocivo à saúde, uma mistura de óleo de cozinha e corantes

Por Glauciene Oliveira

Nesta segunda-feira (11) a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu um casal de namorados, por falsificação de medicamentos, em Mariana. O fisiculturista de 27 anos e a maquiadora de 24 anos, são suspeitos de produzir e comercializar anabolizantes adulterados. O material era feito em um laboratório caseiro, vendido de forma online e enviado para todo o país.

O fisiculturista usava a própria imagem escultural como propaganda do produto e sua namorada auxiliava nos negócios.

De acordo com delegado responsável pelo caso, Rodolpho Machado, o produto, que é extremamente perigoso, é uma mistura de óleo de cozinha e corantes, que estava sendo vendido como anabolizante, no valor R$200,00. “Isso pode causar vários danos à saúde, como necrose, amputação de membros e até mesmo a morte”, explicou.

Segundo o delegado, a substância era fabricada em “um ambiente bem sujo e com uma estrutura precária”. O casal irá responder pelo crime de falsificação e adulteração de medicamentos. De acordo com Artigo nº273 do Código Penal, o ato é um crime hediondo, que pode acarretar entre 10 a 15 anos de prisão.

O material apreendido será encaminhado para análise no instituto de criminalística da Polícia Civil.

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS