03 DE JUNHO DE 2020

Consulta pública on-line discute a ampliação da área de proteção do Parque Ecológico de Itabirito


Itabirito
13 de maio de 2020


Reunião extraordinária do Codema contou com a participação on-line da população

Um importante passo para a preservação do Meio Ambiente em Itabirito aconteceu no último dia 7 de maio, com a Consulta Pública On-line, para a Ampliação da área de proteção do Parque Ecológico de Itabirito. A reunião extraordinária do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Melhoria do Ambiente (Codema) recebeu técnicos da Secretaria de Meio Ambiente como o biólogo Milton Ribeiro, a geóloga Jéssica Costa e a advogada Beatriz Silva, para a apresentação do projeto que, além de ampliar a área do Parque Ecológico, vai transformá-lo em uma unidade de conservação de uso sustentável.

Durante a reunião, que foi transmitida ao vivo pela página da Prefeitura no Facebook, a população pode participar mandando perguntas, sugestões e comentários que foram respondidos pela equipe técnica. “Avaliamos que foi muito proveitosa a participação dos internautas durante a transmissão da reunião. Eles colocaram pontos importantes e tiraram as suas dúvidas relativas a essa nova proposta que gera mais proteção ao meio ambiente de Itabirito”, ressalta Frederico Leite, Secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e presidente do Codema.

“A proposta é que o Parque se torne uma Unidade de Conservação de Uso Sustentável, classificada como Área de Relevante Interesse Ecológico e que sua área passe dos 45 mil metros quadrados atuais para 383 mil metros quadrados. Por ser de uso sustentável, a área da nova unidade não fica impossibilitada de receber intervenção, desde que autorizada pelo Codema, que será gestor do parque”, explica Milton Ribeiro, biólogo do Parque Ecológico.

Outras vantagens do projeto é a conservação da mata atlântica, presente em nosso município, área de preservação permanente ao longo do Rio Itabirito por suas matas ciliares e, consequentemente, o próprio rio. “A unidade de conservação é mais uma maneira de preservar uma área verde dentro da cidade, o que é importantíssimo para a manutenção da biodiversidade de fauna e flora no município, permitindo assim a transição e abrigo de diversos animais silvestres que podem ser importantes polinizadores e dispersores de semente”, enfatiza Milton.

Um Parque Ecológico atrai muitos turistas, o que traz retorno financeiro para o município, além de permitir o aumento do fator de qualidade do ICMS ecológico, que traz recursos do estado para Itabirito.“A ampliação possibilitará a criação de um complexo eco cultural esportivo. A finalidade é conservar o ecossistema natural local e protegê-lo contra quaisquer alterações, de forma a possibilitar o desenvolvimento de atividades de cultura, educação ambiental, turismo ecológico e recreação em contato com a natureza”, finaliza Frederico.

No site da Prefeitura, é possível ver o laudo técnico e mapas temáticos com a nova área do Parque Ecológico de Itabirito por meio do link https://cutt.ly/LynZR8T. O próximo passo para a efetivação do projeto é a elaboração do decreto e o plano de manejo da nova unidade de conservação, onde as diretrizes serão apresentadas para o uso da nova área.

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS