08 DE AGOSTO DE 2020

Governo de Minas inicia pagamento da 2ª parcela do Bolsa Merenda


Brasil
18 de maio de 2020


O benefício de R$ 50 é destinado aos alunos da rede pública estadual de ensino inscritos no Cadúnico

Por Glauciene Oliveira 

A segunda parcela do Bolsa-merenda começou a ser paga aos alunos da rede pública estadual de ensino de Minas Gerais, nesta segunda-feira (18). O pagamento está sendo feito através da conta digital Pagbank, que pertence à instituição bancária PagSeguro.

De acordo com o Governo de Minas, até o momento, dos 380 mil estudantes aptos a receber o benefício, somente 117 mil fizeram o cadastro na plataforma criada para o programa. A verba tem como objetivo viabilizar a alimentação desses jovens e assim reduzir os impactos da suspensão das aulas, em função da pandemia do coronavírus.

O recurso terá duração de quatro meses ou até as aulas retornarem. O benefício é destinado aos estudantes de escolas estaduais que estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e que possuem renda per capita menor que R$ 89,00 mensais. Todos os alunos de uma mesma família podem ser contemplados com o programa, até mesmo os participantes do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Através da Lei 23.631/2020, o governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), é responsável pelo pagamento de 60% de cada bolsa e o restante é viabilizado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) que destinou R$ 30 milhões para os quatro meses da Bolsa-merenda.

Como receber

A concessão da bolsa pode ser consultada através do “MG App”, aplicativo de serviços do Governo de Minas Gerais, acessado a partir de smartphones do sistema android e IOS. Na plataforma, basta entrar na aba “Desenvolvimento Social” para navegar pelo Bolsa Merenda.

Para receber a verba os beneficiários precisam baixar o aplicativo PagBank do PagSeguro, disponível para Android e IOS, ou acessar o site https://cadastro.pagseguro.uol.com.br/

Com a confirmação do cadastro e o envio do documento, o beneficiário receberá a informação do pagamento no segundo dia útil após o registro, no primeiro mês. Nos demais meses, o benefício será pago todo dia 18.  

Como utilizar o dinheiro

Os contemplados com a bolsa podem usar o dinheiro de duas formas. A primeira é utilizar apenas o aplicativo no seu smartphone, para pagar contas ou realizar compras usando QR Code.

A outra opção é com o cartão, que será entregue, gratuitamente, na residência dos alunos em até 20 dias úteis após a criação da conta. Com esse dispositivo, as compras podem ser feitas em qualquer estabelecimento que aceite a bandeira Visa. Além disso, o dinheiro poderá ser sacado em bancos da Rede 24 horas.

Não serão cobradas taxas de manutenção e nem mensalidades. 

Bônus

Ao realizar o primeiro acesso ao Bolsa Merenda, o pai ou mãe inscrito no CadÚnico terá direito imediato a R$ 20 de cashback, um método de compra em que o consumidor recebe de volta parte do dinheiro utilizado na aquisição dos produtos. A iniciativa é paga pelo PagSeguro.

Também os pais ou responsáveis cadastrados que utilizarem o sistema de QR Code para pagar as compras terão cashback de 10% do valor pago, até o valor limite de R$ 30 mensais.

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS