02 DE JULHO DE 2020

Jovem ouro-pretano cria campanha de arrecadação para consertar cadeira de rodas


Ouro Preto
26 de maio de 2020


João Carlos tem 23 anos e foi diagnosticado com paralisia cerebral

Por Glauciene Oliveira

O jovem João Carlos Arruda de Oliveira, de 23 anos, morador na Vila Aparecida, em Ouro Preto, vem lutando desde pequeno contra os entraves da paralisia cerebral. Atualmente, o ouropretano está batalhando para consertar sua cadeira de rodas motorizada. 

João é estudante do curso técnico em Administração no IFMG-Ouro Preto e a cadeira de rodas é seu único meio de transporte, principalmente considerando a falta de acessibilidade da cidade histórica. “Necessito do conforto dessa cadeira, pois só saio dela para dormir”, destacou.

O jovem mora com uma tia e uma prima. Ele relata que sua família não tem condições de arcar com as despesas da cadeira, que está precisando de uma revisão geral. “Ela está com os pneus carecas e a bateria não está funcionando direto. Além disso, o apoio dos braços estão quebrados e também o apoio dos pés estão estragados”, disse. 

Como ajudar

Com a intenção de arrecadar a verba necessária para o conserto de sua cadeira de rodas, João criou uma campanha no site de financiamento coletivo “Vakinha”. 
Para contribuir com a campanha basta acessar o SITE, realizar o cadastro, escolher a forma de pagamento e o quanto você deseja doar para essa causa nobre. 
Sobre a paralisia

A paralisia cerebral é uma lesão permanente e não progressiva do sistema nervoso que afeta o tônus, os reflexos e a postura, comprometendo o desenvolvimento motor do indivíduo.

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS