08 DE AGOSTO DE 2020

Casos de coronavírus aumentam em Ouro Preto. Prefeitura vai instalar barreiras sanitárias


Ouro Preto
29 de maio de 2020
Crédito Ane Souz

A cidade possui 31casos positivos de COVID-19

Por Glauciene Oliveira 

A Prefeitura de Ouro Preto informou, no boletim epidemiológico de hoje (29) que a cidade possui, atualmente, 31 casos confirmados do novo coronavírus. Há cerca de uma semana o município não contava com nenhum caso positivo. Nas redes sociais os ouropretanos vinham demonstrando preocupação com o número crescente de infectados. Além disso, relataram sobre a circulação de turistas na cidade e clamando pela instalação de barreiras sanitárias.

Segundo o Secretário de Saúde, Paulo Xavier, todos os casos positivos foram confirmados através de teste rápido, entre eles um óbito, que foi o primeiro caso confirmado na cidade, no dia 16 de maio.

Barreiras Sanitárias

O aumento rápido e exponencial de infectados pelo COVID-19 gerou uma grande repercussão nas redes sociais, onde a população vem fazendo uma série de denúncias sobre a movimentação turística na cidade. “Está havendo muitos turistas visitando a cidade, tive informação que alguns estão dizendo que estavam vindo porque aqui não há muitos casos”, disse um internauta.

“Ontem (24) mesmo tinha quatro turistas na Praça Tiradentes tirando foto e sem máscaras”, afirmou outro usuário do Facebook.

Além de reportar a presença de turistas em Ouro Preto os cidadãos vêm solicitando a instalação de barreiras sanitárias na cidade, que consiste na tarefa de fiscalizar a entrada e saída de pessoas no município, usando medidas sanitárias, como medidores de febre digitais à distância, distribuição de máscaras, repasse de informações técnicas e coleta de dados.

O vereador Chiquinho de Assis (PV) também defendeu a instalação de barreiras sanitárias na cidade e afirmou que em outros municípios a iniciativa rendeu bons resultados. “Todos os finais de semana estamos vendo a cidade sendo frequentada por motociclistas, por visitantes nas cachoeiras, por turistas, churrascos acontecendo em locais de hospedagem. Assim vemos uma série de coisas ocorrendo e nenhuma atitude sendo tomada, por isso, ressaltamos o pedido de instalação de barreiras sanitárias no nosso município. Sabemos do direito de ir e vir de todos, mas os gestores cidade tem a obrigação de fiscalizar, nesse momento, a entrada de forasteiros na cidade”, ressaltou.

Outro ponto destacado pelo vereador faz referência ao funcionando dos hotéis e pousadas da cidade que, até o momento, não estão inclusos no decreto de restrição. “Lembrando que BH é um local com alto índice de contaminação e essas pessoas podem nos contaminar, podem contaminar as pessoas que estão os recebendo nas pousadas e hotéis, podem contaminar os guias de turismo que estão na praça desesperados procurando alguém porque precisam de trabalho e o município não conta com um programa municipal de reparação de renda neste sentido”, enfatizou.

Prefeitura de Ouro Preto reage ao aumento de casos e monta barreiras sanitárias para enfrentamento ao Covid-19

A Prefeitura de Ouro Preto tem intensificado as ações de orientação e prevenção contra o coronavírus. Uma delas é a estruturação e implantação de novas barreiras sanitárias em pontos estratégicos do município: a já instalada no terminal rodoviário de Cachoeira do Campo será reestruturada; a que funciona na rodoviária de Ouro Preto será transferida para a Avenida Farmacêutico Duilio Passos, próximo ao chafariz do Taquaral. Outras duas novas barreiras serão criadas: uma no acesso ao distrito de Lavras Novas e uma no acesso a Mariana passando por Saramenha.

A expectativa é que a partir de hoje (29), a barreira sanitária no acesso ao distrito de Lavras Novas já esteja em funcionamento e as outras sejam implantadas no decorrer da semana.

“A barreira tem o intuito de fazermos o controle de quem entra no município. Vamos aferir a pressão e identificarmos se a temperatura da pessoa está elevada. Se sim, orientamos a ida no Pronto Atendimento municipal. Faremos também uma ação educativa, com orientações sobre o uso de máscaras, a importância da lavagem das mãos, e do isolamento e distanciamento social”, ressalta a coordenadora de Vigilância Ambiental, Alessandra Machado.

No total, quatro agentes de saúde comporão a linha de frente, desde o período da manhã ao início da noite. O bloqueio sanitário vai seguir enquanto durar a pandemia da Covid-19. 

“Temos intensificado as ações no combate ao coronavírus no município. A barreira sanitária é uma de tantas outras ações que estão sendo implementadas. Temos que cuidar do bem mais valioso que temos que é a nossa vida”, frisou o prefeito Júlio Pimenta.

A ação contará com apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar.

Álbum de Fotos

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS