18 DE JANEIRO DE 2019

Estão a aprontar contra caminhantes e pedestres


O Berro do Bode Zé
01 de novembro de 2018


Contra a natureza, nada a fazer, mas é de bom senso estar em harmonia com ela, para nos manter incólumes diante de seus fenômenos com maiores riscos à segurança humana. Na natureza, ao contrário do propagado pela mídia, não existem “desastres” ou “tragédias”, porém fenômenos naturais. Da mais suave brisa ao mais violento furacão, da leve garoa à maior das tempestades, do frio congelante ao calor abrasante, o terremoto, a erupção vulcânica, todos são fenômenos próprios da natureza, assim como o choro e o sorriso são fenômenos da sensibilidade humana. Durante chuva acompanhada de vento, uma árvore se quebrou e ponta do tronco caiu, para fora do barranco, sobre a calçada da Rua da Pedra Sabão, nas proximidades da policlínica municipal (UPA que nunca foi UPA). Chuva é chuva e vento é vento! Nada a reclamar contra acontecimentos fortuitos, mas, por mais de uma semana, a ponta do tronco foi ameaça contra pedestres, que poderiam bater o peito contra ele. Somente depois de reclamação feita junto à administração municipal, que se providenciou a retirada de tal obstáculo. Tudo bem, caminhantes da madrugada e buscadores de socorro ao serviço de saúde ficaram agradecidos! Mas, em podendo os fatos serem recorrentes, na manhã da última terça-feira, tronco idêntico ao primeiro, na mesma posição, estava no mesmo local. Na véspera não houve vento, mas por lá, motosserra andou a derrubar árvores; e uma delas trouxe o mesmo perigo novamente. Estão de brincadeira com caminhantes e pedestres usuários daquela calçada?



Veja mais


O Berro do Bode Zé
11 de jan de 2019
A pilantragem como marketing...

O Berro do Bode Zé
28 de dez de 2018
A ordem foi: não deixar pedra sobre pedra!...













QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS