08 DE AGOSTO DE 2020

Falta autoridade


O Berro do Bode Zé
01 de julho de 2020


Desde os tempos da azagaia é conhecido o dito “quanto mais reza, mais assombração aparece”! E é isso que acontece, atualmente, quando tanto cuidado se pede ao cidadão com relação à coisa pública: meio ambiente, limpeza e respeito ao patrimônio, além de sua interação harmoniosa com o semelhante e, eventualmente, com animais no mesmo espaço. Depois de tanto combate ao lixo, simplesmente lançado nas ruas, quando não lançado em cursos d’água; críticas à queima de lixo; denúncias relativas à prática do transporte do lixo para longe de sua origem e descarte em locais impróprios; críticas à disposição de lixo nas calçadas, desconsiderando a presença de lixeira a poucos metros do local; agora surge outro “fenômeno”, desta feita criminoso, a reclamar a reação da população e correspondentes providências das autoridades no sentido de frear e punir, severamente, envolvido ou envolvidos. Como se não bastasse o seu não uso adequado, nos momentos certos, as lixeiras estão sendo incendiadas; dinheiro público, proveniente dos impostos pagos por todos, a virar cinzas por mãos de imbecis piromaníacos. É mais uma prova de que a autoridade perdeu força e moral diante da delinquência; se não há punição adequada, o delito prolifera e delinquente imperam. Os responsáveis deveriam ser “caçados”, presos e obrigados a pagar, em dobro, pelos danos causados. Segue um exemplo de reação a tal tipo de delito. Em certa cidade mineira, baderneiros danificavam toda a sinalização, numa das ruas centrais. Tais delitos aconteciam sempre nos fins de semana. Lideranças e autoridades discutiram o assunto em sigilo e partiram para a reação. Armou-se uma “campana”, na rua em questão, prenderam-se todos os baderneiros. Na segunda-feira seguinte, ao meio-dia, todos eles foram conduzidos pela polícia ao local para fazer a reposição das placas. Eles próprios carregavam as placas e as ferramentas para a execução dos serviços. Tiveram que pagar pelas placas danificadas e pelas de reposição. Entre os envolvidos estava até um filho do prefeito. A farra criminosa terminou aí!

Veja mais


O Berro do Bode Zé
04 de ago de 2020
Quousque tandem abutere, mercatur, patientia nostr...

O Berro do Bode Zé
29 de jul de 2020
Quousque tandem abutere, imperium, patientia nostr...












ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS