08 DE AGOSTO DE 2020

Ouro Preto: 309 anos de história, cultura e contemplação


Ouro Preto
08 de julho de 2020
Foto: Patrícia Souza

Ouro Preto, cidade Patrimônio Mundial Cultural, resguarda todo o vislumbre da arquitetura colonial em seus 309 anos de história. A cidade foi fundada em 1698 com a chegada da bandeira chefiada por Antônio Dias, há 322 anos, sendo elevada à vila, chamada Vila Rica, em 8 de julho de 1711, data em que se comemora o aniversário. Em 20 de março de 1823, o imperador D.Pedro I, homenageando a capital mineira, concedeu a Ouro Preto o título de cidade, tornando-se capital de Minas Gerais até o ano de 1897.

Também celebrado este ano o tricentenário da Revolta de Vila Rica, conhecida como Revolta de Filipe dos Santos e Sedição de Vila Rica, ocorrida entre 28 de junho e 19 de julho de 1720 na antiga Vila Rica. O episódio representa o início do século 18 e o “nascimento” de Minas Gerais. A rebelião marca uma das primeiras reações dos descendentes de portugueses no Brasil contra a metrópole portuguesa, tendo como protagonista, Filipe dos Santos (1680-1720), que se revoltou contra a cobrança de impostos pela Coroa Portuguesa e condenado à morte.

A cidade de Ouro Preto também foi palco da Inconfidência Mineira, tendo como mártir da história, o alferes Joaquim José da Silva Xavier, Tiradentes, que é homenageado na principal praça da cidade, em sua memória, tem seu nome e monumento localizado no centro, em frente ao imponente Museu da Inconfidência. A mineração deixou um legado para a cultura local, com a belíssima arquitetura colonial e as produções artísticas de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, Manuel da Costa Athaíde, presentes nas igrejas de ordem terceiras.

Para celebrar o dia 8 de julho e os seus 309 anos, será realizada uma Missa Solene Especial de Aniversário, transmitida da Basílica Menor de Nossa Senhora do Pilar, às 10h, presidida por Dom Francisco Barroso Filho, via perfil oficial da Prefeitura de Ouro Preto: https://www.facebook.com/prefeituraouropreto/

Vale lembrar que com a recomendação de distanciamento social para combater a disseminação do novo coronavírus, shows e espetáculos estão sendo adiados. Também é um dos desafios do setor de eventos, que até o cenário se normalizar, muitos eventos foram remarcados e outros cancelados, que é uma das dificuldades para os organizadores e para a reformulação do calendário de eventos de 2020 do município. 

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS