08 DE AGOSTO DE 2020

Ouro-pretanos dão lição de solidariedade e superação durante pandemia do COVID-19


Ouro Preto
22 de julho de 2020
Foto: Fábio Rogério

Por meio de doações o jovem João Oliveira conseguiu comprar uma cadeira de rodas nova e doou a antiga para o pequeno Isaac, de 4 anos

Por Glauciene Oliveira 

Em maio deste ano, o Jornal O Liberal divulgou a história do jovem ouro-pretano João Oliveira, que estava realizando uma arrecadação financeira para consertar sua cadeira de rodas motorizada. Mais de 160 pessoas contribuíram na campanha de João, que, devido ao sucesso, decidiu adquirir uma nova cadeira, e para retribuir o gesto de solidariedade, João resolveu doar sua antiga cadeira. Nesta quarta-feira (22) mais uma vez, a história teve um final feliz e o pequeno Isaac Raphael, de apenas 4 anos, recebeu o equipamento cedido por João. A doação foi intermediada pelo barbeiro Fábio Rogério, que ficou sabendo da iniciativa de João através de um programa de rádio. 

O início

Atravessar a pandemia do novo coronavírus tem sido um grande desafio para pessoas do mundo inteiro. Em meio a esse cenário de luta, um jovem de 23 anos estava pedindo ajuda da população para consertar sua cadeira de rodas.

João nasceu com paralisia cerebral e vem lutando desde pequeno contra os entraves da doença. O jovem é estudante do curso técnico em Administração no IFMG-Ouro Preto e a cadeira de rodas é seu único meio de transporte, principalmente considerando a falta de acessibilidade da cidade histórica, porém sua família não tinha condições de arcar com a despesa do equipamento.

Com a intenção de arrecadar a verba necessária para o conserto de sua cadeira de rodas, João criou uma campanha no site de financiamento coletivo “Vakinha”. Após dois meses de arrecadação o sonho de João se tornou realidade e superou suas expectativas. “Meus amigos me aconselharam que conseguir o sonho de uma cadeira nova era possível. Por isso, aumentamos o valor, em busca de alcançar uma nova meta, uma cadeira nova. Graças a Deus, consegui alcançar minhas metas, através da campanha que mobilizou o coração de tantas pessoas para me abençoar. Agradeço a todos que oraram e contribuíram”, disse.

Com o coração cheio de amor e gratidão, João decidiu retribuir a ajuda e anunciou que doaria sua cadeira antiga para alguma pessoa que estivesse necessitando. “Ajudar as pessoas é muito bom!”, destacou sorridente. 

Solidariedade gera solidariedade

O jovem decidiu então anunciar a doação nas rádios. Logo no primeiro dia, apareceram inúmeras pessoas interessadas. A primeira delas foi o barbeiro Fábio Rogério.

Por conta do fechamento de sua barbearia, devido à pandemia do COVID-19, Fábio começou a prestar serviços como motoboy em uma lanchonete de Ouro Preto. Em uma de suas entregas, Fábio conheceu o pequeno Isaac Raphael, morador do bairro São Cristóvão. “Um dia eu fui fazer uma entrega de dois hambúrgueres e me deparei com uma criança bem pequenininha e muito feliz, pois seu lanche havia chegado. Quando reparei direito vi que ele estava sentado em uma cadeira de rodas rosa e bem velhinha. Aquela cena mexeu muito comigo”, descreveu emocionado.

Fábio contou que logo se sensibilizou com a história de superação de Isaac e pensou em reunir alguns parceiros para tentar conseguir reformar a cadeira do garotinho. “Para não me emocionar tanto na hora e estragar a alegria dele com o hambúrguer tentei descontraí-lo e perguntei para qual time ele torcia. Logo ele respondeu animado: ‘Galo’, e começou a cantar o hino do time para mim. Foi aí que prometi um boné do atlético para ele, mas Graças a Deus eu consegui muito mais do que um boné”, disse.

Os dias foram passando e Fábio continuou com desejo de presentear o pequeno e ajudá-lo a consertar sua simples cadeira manual, porém as dificuldades financeiras o impossibilitaram de realizar as doações de forma rápida.

Felizmente, nesta quarta-feira (22) ao ouvir o rádio do carro, enquanto ia para o trabalho, o barbeiro escutou o anúncio da doação da cadeira de João e no mesmo momento entrou em contato com o doador, que já era seu conhecido. “O João é meu cliente, então já conhecia a história dele e da campanha. Quando eu ouvi o anúncio, fiquei muito feliz e logo me lembrei do Isaac. No mesmo momento, liguei pro João e perguntei se ele se interessava em doar para o Isaac e ele aceitou”, relatou.

Emocionado, Fábio conta que está muito feliz em intermediar a doação. “A pandemia coloca a gente em situações precárias, mas também está trazendo muito aprendizado. Precisamos ser sempre solidários e doar ao próximo um pouco do que temos. Eu ganhei o meu dia com isso, é muito gratificante poder ajudar o próximo.”

A história de Isaac

A equipe de reportagem do Jornal O Liberal conversou com a mãe do Isaac, Jéssica Fernanda. Ela explicou que o menino nasceu com uma doença denominada Síndrome da Regressão Caudal (SRC) que é uma malformação rara. “Durante a gestação, eu descobri que ele não andaria. Ele superou todos os diagnósticos, pois os médicos falavam que ele não iria sobreviver. Hoje, ele está aqui e sempre com um sorriso no rosto. Apesar das suas limitações ele nunca perdeu a alegria de viver”, afirmou.

Jéssica disse que ficou muito surpresa e feliz com o gesto de solidariedade de João e Fábio. “Do nada, chegou um carro aqui na porta chamando pelo Isaac. Eu não estava esperando, fiquei muito emocionada e sem palavras para agradecê-los”, disse.

Segundo a mãe, Isaac possuía, de forma emprestada, a cadeira manual à cerca de dois anos. “Agora vamos devolver a cadeira para quem me emprestou para que ela possa atender outra criança que esteja precisando”, acrescentou.

Jéssica destacou que a cadeira motorizada fará uma grande diferença na vida de seu filho, que está no primeiro ano da escola. “A cadeira dará mais independência para o Isaac, agora ele poderá se locomover para onde quiser. Além disso, para nós (os pais) ela vai ser muito útil também, pois ele está muito pesado e cada dia que passa está crescendo mais, então ficar no colo com ele estava muito complicado. Foi um presente que veio na hora certa e eu só tenho a agradecer aos anjos que Deus colocou em nossas vidas”, contou emocionada. 

Mais doações

De acordo com Fábio, a história de Isaac despertou o sentimento de generosidade em outras pessoas, que também irão fazer doações para a família do menino. “A República Necrotério vai doar uma cesta básica, o anestesista Dr. Rafael dará um boné do Galo pro Isaac e a Fiona Lanches vai dar de presente um café da tarde para ele”, explicou.

Álbum de Fotos

Veja mais













ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
       

PARCEIROS