25 DE MAIO DE 2019

UNESCO reconhece Arquivo Histórico de Mariana como Memória do Mundo


Mariana
21 de dezembro de 2018
Foto de Lucas Mantovani

Reconhecida pelo seu conjunto arquitetônico e urbanístico tombado desde 1938, Mariana comemora também a chancela internacional concedida pela UNESCO a um importante acervo documental do Arquivo Histórico da Casa Setecentista da cidade, que fica sob a guarda do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Produzidos pelo cartório do Primeiro Oficio da Comarca de Mariana, o conjunto documental é composto por mais de 3 mil documentos que contemplam um amplo recorte temporal, abrangendo desde os anos de 1713 a 1920.

A cerimônia de diplomação aconteceu nessa quinta-feira, 13, e contou com a presença do prefeito Duarte Júnior e seu vice, Newton Godoy, representantes do IPHAN de Minas Gerais e Mariana, do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (COMPAT), Secretaria de Cultura e demais pessoas que se empenham na preservação dos bens culturais de Mariana.

“Sinto-me verdadeiramente feliz em saber que o Arquivo Histórico da Casa Setecentista de Mariana foi reconhecido como Memória do Mundo.  Isso é motivo para nos sentirmos orgulhosos e também agradecidos as pessoas que se empenham na preservação dos bens culturais do Município”, ressaltou o prefeito Duarte, que ainda parabenizou os representantes do IPHAN, do COMPAT e da Secretaria de Cultura pelo belíssimo trabalho desenvolvido em prol da cidade. “Parabenizo essas pessoas por demonstrar sempre total carinho pela preservação da rica história de Mariana”, ressaltou.

Para marcar a solenidade foi aberta a exposição Restaurando Memórias: o Patrimônio Cultural de Mariana, com fotografias feitas por marianenses. A exposição, realizada pelo Iphan, com apoio do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural e da Prefeitura Municipal, destaca, a partir do olhar de moradores de Mariana, os bens culturais acautelados em nível municipal, estadual e federal, assim como as ações empreendidas pelo poder público para a salvaguarda do Patrimônio Cultural.

“É uma honra ver fotos minha expostas. Além de ser uma oportunidade para mostrar o nosso trabalho, divulgamos as belezas de Mariana. Fico feliz também em ver a atenção que é dada ao patrimônio material e imaterial da cidade”, destacou o fotógrafo César do Carmo. A mostra ficará aberta, gratuitamente, na Casa Setecentista, Rua Direita, 7, centro, até o fim de março de 2019, das 9h às 12h e de 13h às 16h. Prestigie!

Gestão municipal investe na Agricultura Familiar

A Prefeitura de Mariana segue investindo em projetos que fomentam a agricultura familiar no município. Através da Secretaria de Desenvolvimento Rural, a administração segue firmando parcerias com os agricultores. Segundo o prefeito de Mariana, Duarte Júnior, os investimentos continuarão. "Nós reconhecemos a importância da agricultura familiar, que traz uma alimentação melhor as pessoas, também queremos que os produtores tenham uma vida digna", afirmou o prefeito.

Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE

Instituído pela Lei Federal nº 11.947, de 2009, o Programa Nacional de Alimentação Escolar funciona em parceria com a Secretaria de Educação e a Emater-MG. Atendendo a mais de 7.000 alunos por dia, em 31 escolas municipais diferentes, esta parceria auxilia no sustento de mais de 70 famílias de agricultores familiares da região.

Segundo conta na Lei, a administração é obrigada a comprar 30% da merenda escolar municipal dos agricultores familiares. O município de Mariana compra o dobro do previsto, ou seja, 60% da merenda escolar provém dos agricultores familiares.

É uma via de mão dupla, os agricultores ajudam a alimentar os alunos, com produtos de qualidade e sem agrotóxico, e o município compra alimentos de produtores rurais da região, o que complementa a renda deles.

Parceria com a Universidade Federal de Ouro Preto

Em um grande esforço feito pela Secretaria de Desenvolvimento Rural em prol dos agricultores familiares, uma parceria com a Universidade Federal de Ouro Preto foi concretizada em 2018.

Com o acordo, mais de quinze variedades de alimentos sem agrotóxicos são repassados aos restaurantes universitários. Até o final deste ano, estima-se que os produtores entreguem cerca de 30 mil kg de produtos. Das 5.400 refeições diárias entregues aos estudantes pelos Restaurantes Universitários, 2.430 refeições provém de alimentos dos produtores do município. Valor que totaliza 45% dos alimentos.

Para o presidente da Associação dos Agricultores Familiares e Moradores de Goiabeiras, Tofir José Esperidião Ibraim, a parceria beneficia moradores de várias localidades. "Esta parceria está ajudando mais de 30 famílias, que participam da nossa associação. Ela só foi possível  por conta da Secretaria de Desenvolvimento Rural, da EMATER e do professor Maurício", disse o presidente.

Álbum de Fotos

Veja mais
















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS