21 DE MARÇO DE 2019

Obras com material reciclável de artesãos de Ouro Preto estão em exposição na Casa dos Contos


Ouro Preto
28 de dezembro de 2018
Foto de Michelle Borges

Os trabalhos são uma coletiva de artistas do Galpão Cultural Sinhá Olímpia, do Artista Plástico Léo Piló, e parceiros e alunos do Projeto Meraki

A Casa dos Contos recebe até o dia 13 de janeiro a exposição “Natal, Arte e Reciclagem”. Com curadoria dos artistas Léo Piló e Eduardo Mapa, a mostra é uma coletiva dos trabalhos dos artesãos do Galpão Cultural Sinhá Olímpia, do artista plástico Léo Piló, e parceiros e alunos do Projeto Meraki.

O resultado da exposição é um trabalho de parcerias desenvolvidas ao longo do ano, como explica Iza Ferreira, uma das coordenadoras do projeto Meraki. “Os trabalhos tiveram início em maio com a produção dos móveis em pallet para receber as oficinas ao longo do ano. Foram 31 oficinas dos mais variados tipos de artesanato. O nosso objetivo é que o Meraki possa ser uma oportunidade de capacitação, para gerar renda e diminuir o estado de carência, pois o nosso público são mulheres de idades variadas em situação de vulnerabilidade social”.

Todo material utilizado na produção das obras são recicláveis, essência do projeto. O artista plástico renomado Léo Piló, colaborou com o projeto em diversas oficinas e falou sobra a importância hoje da reciclagem, que é também, matéria prima dos seus trabalhos. “Este é um ano diferente, que parece exigir um pouco mais de reflexão na questão da sustentabilidade. A reciclagem não é moda, é realmente necessária, é hoje uma poupança ao planeta. Então, cursos com essa perspectiva, como esses, traz expectativas e amplia a sensibilização das pessoas, fazendo com que elas possam vivenciar uma tentativa de um futuro de mais consciência, participação e solidariedade”, destaca Piló.

O artista do Galpão Cultural Sinhá Olímpia, Eduardo Mapa, é servidor público da prefeitura e nas horas vagas cria trabalhos incríveis. Ele conta que desde pequeno frequenta o galpão, quando ainda eram produzidos trabalhos da escola de samba Sinhá Olímpia. “Com a escola de samba eu comecei a gostar de arte. Aos seis anos frequentava o local com meu pai e comecei aprendendo a fazer fantasias e carros alegóricos”, relembra Eduardo, que fez toda a vestimenta dos personagens do presépio, que está em exposição, com material reciclável, como palha, papelão, plástico bolha, entre outros.

Além das oficinas, o projeto, que contou com apoio também da Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio de Ouro Preto, promoveu assistência jurídica e psicológica as participantes.

A mostra pode ser visitada até o dia 13 de janeiro, de terça à sábado das 10h às 17h, e aos domingos e feriados das 10h Às 15h.

Álbum de Fotos


Veja mais















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS