21 DE MARÇO DE 2019

Parceria pelo meio ambiente trouxe importantes resultados em 2018


Itabirito
11 de janeiro de 2019


Números do trabalho do Codema mostram que Itabirito continua crescendo, sem esquecer de sua responsabilidade ambiental

Unindo desenvolvimento e cuidado com o meio ambiente, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Melhoria do Ambiente (Codema) realizou um total de 98 licenças e autorizações ambientais durante todo o ano de 2018. “O balanço anual aponta como o município continua crescendo, de maneira sustentável e com a participação dos cidadãos”, destaca Antônio Marcos Generoso, secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Fundado em dezembro de 1994, por meio da Lei Municipal 1880/94, o Conselho é formado por membros de toda a sociedade: empresários, servidores e cidadãos preocupados com o meio ambiente e o progresso responsável. “O Codema é o espaço que a população tem para acompanhar os processos de licenciamento ambiental do município”, define Jarbas Lima Lemes, fiscal de meio ambiente da Prefeitura de Itabirito e secretário-executivo do Conselho desde 2013.

O objetivo do Codema é propor diretrizes para a Política Municipal de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, além de sugerir normas técnicas e legais, ações e procedimentos, visando à defesa, conservação, recuperação e melhoria da qualidade ambiental do município. “Em 2018, foi o primeiro ano que Itabirito assumiu a gestão ambiental em seu território, fiscalizando e licenciando todas as atividades de impacto local. Foi um ano de muito aprendizado”, avalia Jarbas Lemes.

Participante desde 2013, Heloisa Cristina França Cavallieri é membro titular representante do Saae e explica que é importante para Itabirito ter um conselho bem estruturado para discutir o progresso e as pressões ambientais. “Assim é possível ter controle sobre o desenvolvimento do município”, afirma. Para Heloisa França, o Codema é fundamental para que os projetos a serem desenvolvidos em Itabirito sejam regulares e causem menores impactos ambientais, sem deixar de desenvolver a economia. “O ano de 2018 foi excelente! Foram vários processos analisados e condicionantes aprovadas, trazendo avanços para Itabirito. Outros indeferidos permitem que o empreendedor possa buscar melhores soluções”, avalia.

Outro conselheiro ativo é Rogério Hamilton Oliveira, que participa como representante da CDL Itabirito e dos empresários. “Minha missão é trabalhar para que haja um equilíbrio entre empresários, empreendimentos e meio ambiente, de modo que haja sempre desenvolvimento sustentável”, pontua. “O Codema faz e está fazendo pelo meio ambiente, cumprindo sua missão com responsabilidade e equilíbrio. Sem dúvida, está fechando 2018 com produtividade, resultados excelentes e, mais ainda, respeitado por seus membros, pelas empresas e pela população de Itabirito”, completa.

Para este ano, o conselheiro é otimista quanto ao desenvolvimento sustentável de Itabirito, com a ajuda do Conselho. “Temos certeza de que em 2019, sempre com o apoio da equipe da Secretaria de Meio Ambiente, o Codema vai obter resultados ainda mais marcantes”, encerra Rogério Hamilton, concordando com a opinião do secretário municipal. “O meio ambiente não pode ser um assunto só da Prefeitura ou dos ambientalistas, por isso o Conselho é tão importante. O Codema é fundamental para o crescimento de Itabirito e, em 2019, o trabalho será ainda maior para que o município se desenvolva com responsabilidade ambiental”, ressalta Generoso.

Álbum de Fotos


Veja mais















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS