17 DE AGOSTO DE 2019

Homem é preso por ameaçar ex-mulher via whatsApp em Itabirito


Itabirito
25 de janeiro de 2019
A policial Luciana presta auxílio às vítimas de violência doméstica

Um homem foi preso na tarde da quarta-feira (16) em Itabirito, após mandar mensagens de áudio, via WhatsApp, ameaçando de morte a ex-mulher. A vítima já tinha uma medida protetiva contra o ex-companheiro, por agressões e intimidações.

De acordo com a Polícia Civil, entre as ameaças, o acusado afirmava que se a mulher contasse para alguém, ela iria se arrepender, pois ele acabaria com a vida dela.  A vítima não se intimidou e logo procurou a Delegacia da Polícia Civil de Itabirito para relatar as ameaças. Uma ação foi encaminhada para o Ministério Público da cidade que expediu uma medida protetiva à mulher. Mesmo assim, o homem seguiu com as ameaças. Dessa forma, a Polícia Civil pediu a prisão do agressor. “Infelizmente, é rotina esse tipo de violência. Chega sábado, domingo, feriado e as denúncias de Maria da Penha aumentam bastante. Os casos aumentaram, mas o número de casos que conseguimos resolver, seja com conciliação ou medidas protetivas também foram satisfatórias”, destaca a escrivã da delegacia de Polícia Civil de Itabirito, Luciana Senem, que faz atendimento à mulher, vítima de violência doméstica.

Luciana também é autora do projeto Caminho da Harmonia, que visa acompanhar as mulheres vítimas de violência. Segundo ela; “as vítimas de violência doméstica de ordinário não procuram ajuda. Permanecem em silêncio e não buscam soluções efetivas para o problema”. E é justamente o contrário que o projeto procura fazer, dar uma solução imediata para que as vítimas não desistam da denúncia. “Esse momento de coragem da mulher, de quebra de silêncio, tem que ser aproveitado e uma das formas de aproveitar esse momento é prestar à vítima um bom atendimento na Delegacia de Polícia, que, juntamente com o Judiciário, são a porta de entrada da notícia da violência”, explica Senem.

O projeto consiste em proporcionar um atendimento efetivo e eficaz que possa ajudar a vítima a quebrar o ciclo de violência. Após o atendimento, é feito o acompanhamento do caso.

Veja mais

















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS