18 DE FEVEREIRO DE 2019

Preocupação com segurança das barragens marca primeira reunião de 2019 da Câmara de Ouro Preto


Ouro Preto
08 de fevereiro de 2019


Na última terça-feira (05) o Legislativo ouro-pretano realizou a primeira reunião ordinária de 2019. Os vereadores apresentaram indicações, requerimentos e representações envolvendo diversos temas, entre eles a segurança das barragens existentes no município.

O presidente da Câmara, Juliano Ferreira (MDB), destacou a preocupação dos vereadores com essa pauta, principalmente após o rompimento da barragem da Samarco, em Mariana, e da Vale, em Brumadinho. “Temos que ser muito contundentes daqui para frente, pois já tivemos duas tragédias em pouco tempo que vitimaram várias pessoas. Faremos tudo o que estiver ao alcance do Legislativo para que se cumpram as leis e dê respaldo aos munícipes. Cobraremos também respostas do Executivo, do Governo do Estado e também da Assembleia Legislativa”, afirmou.

Um dos requerimentos apresentados na reunião foi do vereador Geraldo Mendes (PCdoB) solicitando informações à empresa Hindalco sobre o Plano de Emergência da Barragem de Marzagão. “No dia 30 de janeiro foi realizada uma reunião no salão comunitário de Saramenha. Representantes da Defesa Civil de Ouro Preto questionaram a Hindalco sobre o plano de emergência dessa barragem e a empresa ficou de apresentá-lo em 30 dias. Assim, tomei a liberdade de institucionalizar o requerimento para que a empresa apresente esse plano o mais rápido possível”.

O vereador Mercinho (MDB) fez uma representação para esclarecer sobre as atividades da Barragem de Tabuões, que fica nos distritos de Santa Rita e de Santo Antônio do Salto. Ele explicou que o objetivo do pedido não é alarmar a população. “Estamos em busca de informações junto à Companhia Energética Integrada para que nada de mal aconteça à população, uma vez que, no caso de Brumadinho, se tivesse ocorrido um amparado à comunidade, talvez não teriam tantas vítimas”, pontuou.

Os vereadores vão continuar acompanhando a situação das barragens existentes no município. Ainda durante a reunião, os parlamentares pediram um minuto de silêncio em respeito às vítimas do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, e também aos moradores de Ouro Preto falecidos recentemente, entre eles Efigênia Carabina, Haroldo de Paiva e Marcília Chaves.

Tribuna Livre

Também durante a reunião ordinária desta terça-feira, os empresários Kaiodê Cassiano e Sílvio Moreira Neto, representantes da empresa Descubra Gerais, que utiliza as jardineiras para transporte turístico na cidade, usaram a Tribuna Livre para pedir apoio aos vereadores para que possam trabalhar com tranquilidade na cidade.

O presidente Juliano Ferreira (MDB) formou uma comissão especial composta pelos vereadores Alysson Gugu (PPS), Chiquinho de Assis (PV), Geraldo Mendes (PCdoB) e Paquinha (PMN) para acompanhar a situação desse empreendimento de perto.

As reuniões ordinárias dos vereadores acontecem às terças, às 16h, e às quintas, às 9h. Elas são transmitidas, ao vivo, pelo site e pela Fanpage da Câmara.


Veja mais















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS