18 DE MARÇO DE 2019

Atuação do Caps em Ouro Preto é tema de reunião da Câmara


Mariana
25 de fevereiro de 2019


Durante a reunião ordinária dessa terça-feira (19), os vereadores receberam o psicólogo do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Ouro Preto, Paulo César Francisco, que atendendo a requerimento do vereador Chiquinho de Assis (PV), utilizou a Tribuna Livre para prestar esclarecimentos aos vereadores.

Em Ouro Preto o Caps é dividido em três unidades: Caps I (Centro de Atenção Psicossocial Infanto- Juvenil); Caps II (Serviço de atenção à saúde mental) e Caps ad (Álcool e Drogas). De acordo com o psicólogo, em Ouro Preto são atendidas ou já passaram pelo Caps cerca de 18.000 pessoas. “O trabalho do Caps é um substitutivo ao que, antes, chamávamos de hospital psiquiátrico. A luta antimanicomial se faz pelo trabalho que realizamos, ou seja, os pacientes que eram tratados dentro desses hospitais psiquiátricos hoje são tratados de forma livre. Cada um tem o seu projeto terapêutico, chamado de projeto individual. Viemos aqui para apresentar esse trabalho e na tentativa de acolhimento desse projeto”, explicou Paulo.

Para o vereador Zé do Binga (PPS), uma das alternativas é criar medidas para melhorar ainda mais o Caps. “Unir forças com a universidade, com o curso de medicina, melhorar o abrigo das pessoas que dependem do centro. Ouro Preto tem uma grande demanda hoje e nós, em prol do povo, temos que nos dispor para ajudar”, destacou.

O vereador Chiquinho de Assis (PV) explicou por que pediu a participação de um representante do Caps na Tribuna Livre. “Estivemos presentes na posse da diretoria da Acolher - que é uma associação que representa os usuários. Há uma tentativa do Governo Federal de destruir o tratamento terapêutico que vem sendo feito hoje. Eles querem retornar com os hospitais psiquiátricos para atuarem com privações aos pacientes. Nós somos contra manicômios, somos a favor de uma política que vem sendo desenvolvida. A participação do Dr. Paulo é um grito para que Ouro Preto não sucateie a saúde mental e que possamos unir esforços para sensibilizar os governos Estadual e Federal para manter o tratamento com dignidade para os pacientes”, disse.

Os vereadores parabenizaram as atividades realizadas pela entidade no município e ressaltaram que cobrarão do Executivo melhorias para a realização do mesmo na cidade. Dessa forma, a Comissão de Saúde do Legislativo realiza, na próxima semana, reunião com a Secretaria de Saúde, e uma das pautas será sobre o CAPS.

Problemas ambientais são debatidos pelos edis

Um dos temas amplamente discutidos pelos vereadores, também na reunião dessa terça, foi o problema ambiental que está ocorrendo na Lagoa do Gambá [no bairro Bauxita em Ouro Preto]. No último fim de semana, uma grande quantidade de peixes mortos foi encontrado no local.

Assim, foram feitos três requerimentos solicitando informações ao Executivo sobre o fato ocorrido na Lagoa. Os requerimentos são de autoria dos vereadores Chiquinho de Assis (PV), Geraldo Mendes (PCdoB) e Regina Braga (PSDB), que junto aos demais vereadores, aguardam informações do Executivo.


Veja mais















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS