18 DE MARÇO DE 2019

Mascotes de cada time


A cidade e Eu
01 de março de 2019


SOU UM admirador consciente do valor que o esporte representa em nossa vida e em nossa saúde. É, entretanto, com atenção, que sigo o desenvolvimento dos campeonatos nacionais, mas sem aquela febre dos grandes torcedores que fervem o cérebro até o último grau. Gostaria até de avançar um pouco mais como torcedor, porque o esporte faz muito bem ao corpo e também ao espírito.

Ele desvia a nossa tensão e atenção dos problemas e nos introduz numa atmosfera de alegria, paz, saúde e muita descontração.

Ele relaxa o espírito muito voltado para os problemas que nos afligem, diariamente, e nos leva à descontração, propiciando uma sequência de necessária pausa nos atropelos que invadem nossa vida diária.

Por isso, e muitas outras razões que eu, caro leitor, julgo importante aquele que se entusiasma pelo esporte. Daqui, segue o meu aplauso e o meu incentivo em defesa do esporte em geral.

VEJAM OS NOMES dos diversos times com respectivas “Mascotes”:

“- Internacional, Saci Pererê; - Grêmio, Mosqueteiros; - Atlético, Galo; - Sport, Leão; Corinthians, Mosqueteiros; Chapecoense, Índio Condá; Vitória, Leão; - Palmeiras, Porco; - Fluminense, Guerreirinho; - Botafogo, Biriba (cachorro); - Santos, Baleia; - América, Coelho; Bahia, Super Homem Tricolor; - Atlético Paranaense, Furacãozinho; - Ceará, Vovô; - Paraná, Gralha Azul; - São Paulo, São Paulo; - Cruzeiro, Raposa; - Flamengo, Urubu; - Vasco, Bacalhau ou Almirante” (Casos do Mano Dedé, de Zaíra Melillo Martins, pgs. 130/132, 1ª edição, resumidas).

Voltaire nos presenteou com esta admirável e preciosa frase, num dos momentos mais críticos da Revolução francesa: “Não concordo com o que dizes, mas defenderei até à morte teu direito de dizê-lo”. Cada um tem o momento de escolha em todos os momentos de sua vida, mas, diga-se de passagem, é muita gente que torce por seu time, com toda razão e compreensão. Por isso, termino, sem desprezar ninguém, que sou “Galo” convicto, pois o símbolo foi criado “pelo cartunista Fernando Mangabeira no final dos anos 30; a figura do Galo exalta a imagem de imponência, de raça e de valentia, numa alusão aos galos de briga (ibidem) – Defenda pois seu time com raça e convicção.

ENFIM, uma das grandes vantagens de praticar esporte é o fato de ser ele uma forma de aproximação e confraternização dos povos, em geral. Isto é facilmente observável quando da participação dos Jogos Olímpicos de quatro em quatro anos, em países diferentes. É uma temporada de exibição dos esportes especializados, exibidos com precisão pelas televisões de todo o mundo, com o máximo de apreciação dos telespectadores de todos os países. A próxima Olimpíada será em TÓQUIO, ano 2020.


Veja mais


A cidade e Eu
15 de mar de 2019
O país precisa de direção ousada...

A cidade e Eu
22 de fev de 2019
Acidente: omissão de socorro...














QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS