24 DE ABRIL DE 2019

Retomada da Samarco e geração de empregos é tema de reunião entre vereadores e representantes da empresa


Ouro Preto
12 de abril de 2019


A Câmara de Ouro Preto recebeu, na manhã desta terça-feira (9), representantes da Samarco para discutir a retomada das atividades da mineradora e a geração de empregos na região. Participaram do encontro o presidente da Casa, vereador Juliano Ferreira (MDB), o vereador Vander Leitoa (PV) e os analistas de relacionamento sócio-institucional da Samarco, Guilherme Louzada e Marcelo Quintino.

Guilherme explicou que a mineradora está aguardando o licenciamento ambiental emitido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad). "Estamos trabalhando para obter o licenciamento e estamos retomando as obras de preparação da Cava Sul, local onde serão colocados os rejeitos quando as operações forem reiniciadas. Além disso, viemos conversar sobre algumas mudanças nos projetos que são bastante positivas do ponto de vista ambiental e de segurança. A própria barragem de Germano será descomissionada com o tempo", pontuou.

O analista ainda explicou que o rompimento da Barragem da Vale, em Brumadinho, gerou impacto na volta da Samarco. "Houve a suspensão da avaliação dos projetos pela Semad durante um tempo, o que atrasou um pouco as atividades. Mas já estamos retomando e estamos perto de 70% de conclusão das obras Cava Sul, que são fundamentais para essa retomada". Em relação à geração aos empregos, Guilherme disse que a política da Samarco é de dar preferência aos municípios que estão próximos à unidade de Germano: Ouro Preto, Mariana, Catas Altas e Santa Bárbara.

Para o presidente da Casa, vereador Juliano Ferreira (MDB), é importante o legislativo buscar essas informações junto à Samarco. "Na semana passada, os representantes da Samarco que estiveram aqui hoje me ligaram externando a vontade de vir à Câmara para esclarecer sobre os trâmites para a volta da produção da mineradora. Posteriormente, com informações mais substanciais e concretas, eles virão à reunião ordinária esclarecer para a população de Ouro Preto como estão as obras da Cava Sul. Outra pauta discutida na reunião é que os moradores de Ouro Preto ainda não estão sendo contratados pelas prestadoras de serviços da Samarco”.

Juliano também demonstrou preocupação quanto as informações que vem sendo divulgadas pela mídia, de que Ouro Preto estaria ameaçada com risco de rompimento de barragem. "Pedimos que a Samarco faça um esforço em conjunto com a Vale, uma vez que ela é sua acionista, para esclarecer de uma forma geral que a sede de Ouro Preto e seu Centro Histórico não estão ameaçados por rompimento de barragem, como tem saído de forma errônea na mídia nacional. Isso tem espantado os turistas da cidade e o turismo que, sem dúvidas, é um dos pilares sustentadores da nossa economia. Nesses momentos das festas tradicionais da cidade, como a Semana Santa, é crucial que a cidade receba bastante visitantes para poder movimentar a economia local".

O vereador Vander Leitoa (PV) destacou a preocupação do legislativo em relação aos trabalhadores que moram próximos as barragens. "A Samarco expôs os projetos da empresa e estamos animados para retomada da empresa, até mesmo na questão dos trabalhadores. Como estamos falando da mineração, em relação ao que aconteceu na Vale, estamos preocupados com os trabalhadores que possam ser demitidos. Pedimos que os prefeitos se posicionem defendendo o trabalhador. Se a arrecadação cair será ruim, mas se esses pais de família forem demitidos vai sobrecarregar ainda mais a Prefeitura".

Veja mais




















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS