19 DE JULHO DE 2019

Denúncia, sim; terrorismo, não!


O Berro do Bode Zé
18 de abril de 2019


A responsabilidade do cidadão, dentro de uma sociedade que se quer equilibrada, vai muito além do que se faz para manter um “nome limpo”, não ter passagem pela polícia, cumprir todos os deveres de cidadania. Se não presta sua colaboração para que a coletividade viva melhor, deixando de participar de suas iniciativas ou não apontando possíveis falhas, distorções, violações e desrespeito à lei, sua imagem de bom cidadão se anula. Não basta ser bom; há que formar outros bons e melhores! No que toca à parte negativa, passível de denúncia, em defesa da própria sociedade, meios legais e eficazes de exercer a vigilância não faltam. O que se vê, entretanto, são ações paralelas e conflitantes que, deixando de zelar pelo bem-estar, levam mais desconfiança quando não o pânico ao coletivo. Circulava, há poucos dias, nas redes sociais, um vídeo, com pretensões de denúncia, a mostrar alimento impróprio para consumo, à venda em determinado estabelecimento comercial. Por se tratar de alimento para consumo imediato, o caso era grave, repulsivo, requerendo, portanto, providências imediatas para que fosse retirado de venda. Contudo, faltou consciência cidadã e sobrou destempero pessoal à vítima, que gravou sua justa revolta em vídeo, divulgando-o, porém sob a capa covarde do anonimato. Foi seu segundo e grave erro, pois errou ao não fazer a denúncia no tempo e espaço do fato, com a Polícia Militar a lavrar o flagrante, seguindo-se comunicado à Vigilância Sanitária. Meteram-se os pés pelas mãos, porque falta ao cidadão a educação requerida por essa situação e outras, nas quais estão em jogo o direito, a segurança e a saúde da população. Esbraveja-se, erguem-se punhos contra o mal feito e malfeitores, mas na sombra ou no silêncio do deserto, porque na hora do “pega-pra-capá”, a iniciar-se com a denúncia, de fato, ou do testemunho, não está aqui quem reclamou! Se não pode, não quer ou tem medo de se envolver, que se cale, meta a viola no saco e se recolha à sua insignificância! Como terrorismo social já nos basta a paranoia das barragens!

Veja mais


O Berro do Bode Zé
19 de jul de 2019
Quanto e quando o ser vale menos...

O Berro do Bode Zé
12 de jul de 2019
Quem avisa amigo é...


















QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES? CLIQUE E CADASTRE O SEU EMAIL, PROMETEMOS NÃO ENVIAR SPAM!
ITABIRITO
OURO PRETO
MARIANA
BRASIL
MUNDO
ARTIGOS
GALERIA
EDIÇÕES
SOBRE NÓS

 CONTATO
   

PARCEIROS